sábado, 12 de maio de 2018

No dia 05 de maio de 2018,  tivemos mais um Encontro com os Professores da Educação de Jovens e adultos. A  pauta  evidencia o Projeto: " A cidade que temos e  a Cidade que queremos". Essa ação teve como  intento promover  uma proposta que visassem o  desenvolvolvimento do senso críticos dos estudantes, bem como  cativar nos educando o reconhecimento como parte integrante do processo histórico de uma cidade em constante desenvolvimento.

Os professores receberam materiais sobre Santo Antônio de Jesus, com a tarefa  de elaborar um planejamento interdisciplinar, tendo   como Tempos Formativos:  Aprender a Ser e  Aprender a Conviver. Por fim, os professores compartilharam as propostas com todos os segmentos, que tiveram a oportunidade de sugerir outras ações a partir das que foram planejadas.

Como culminância do Projeto" A cidade que temos e  a Cidade que queremos", os estudantes apresentarão no Centro Cultural as atividades realizadas na escola e/ou comunidade,  com a intensão de mostrar o que foi produzido e descoberto sobre a história local. Reconhecendo-se como membro desse contexto e participante da construção dessa história, assim com a importância de preservar a memória da nossa cidade e valorizar nossa origem ou o lugar que escolhemos viver













domingo, 22 de abril de 2018

A Educação de Jovens e Adultos  está trabalhando com o Projeto  de Pesquisa: Aplicação dos Recursos  Públicos  e Benefícios Sociais em SAJ, norteado pelo eixo Cidadania e Trabalho 

Com durabilidade de  2 meses, o Projeto tem o intento  de incluir os estudantes na discussão das ações que serão desenvolvidas na cidade pela prefeitura  Municipal de santo Antônio de Jesus, bem como transceder os muros da escola no que diz respeito a participação dos Estudantes da EJA -  Educação de Jovens e Adultos  em rodas de conversas com líderes comunitários, seminários, construção de painéis ilustrados, audição das propostas de melhoramentos com o Prefeito da cidade Rogério Andrade e demais líderes do Legislativo, a fim de desenvolver  uma concepção crítica e participativa nas realizações das obras que serão realizadas na cidade.

Projeto nacional que promove diferentes ações da cadeia da literatura, desde a formação de leitores e divulgação de novos autores até a valorização das obras de escritores brasileiros e formas de produção e fruição literária, reúne 91 artistas, escritores e poetas para a realização de bate-papos, oficinas literárias e apresentações poéticas. O projeto é composto por três Circuitos: Autores, voltado para a valorização e divulgação de autores nas diferentes comunidades literárias; Oralidades, para contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas; e Criação Literária, que será composto por oficinas variadas, com o objetivo de exercitar a prática da escrita nas suas diferentes manifestações e também criar leitores com maior bagagem. Público-alvo: jovens, pais, educadores e universitários. Entrada franca. Classificação livre. 
Circuito Oralidades – “Manoelando Histórias” - Apresentação de palhaçaria e poesia com Lia Motta (RS). A personagem Marmotta convida o público baiano a conhecer e fazer parte do universo dos poemas do livro "Memórias Inventadas: as infâncias”, de Manoel de Barros, poeta sul Mato-Grossense. 



A fim de promover o intercâmbio de artistas e a formação de leitores,  a Equipe de Coordennadores da EJA juntamente com os educadores, incentivam as Escolas participarem  da Projeto  Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, um projeto literário de âmbito nacional, que será realizado em formato de circuitos, com representantes da diversidade literária brasileira. 

Assim, para  cativar o gosto pela leitura  no  dia 17 de abril de 2018, a Educação de Jovens e Adultos  marca presença mais uma vez no Evento do SESC Arte da Palavra com o Circuito de Oralidades: "Palhaçaria e Poesia".

A Equipe da Escola Municipal Anésio Leão  está de Parabéns pela iniciativa de proporcinar aos estudantes da Zona Rural o contato direto com a Arte. Trabalhando a poesia na sala de aula e transcendendo os muros da Escola quando oportuniza  os alunos a vivenciarem de perto  a dramaturgia encantadora de Lia Motta.








domingo, 8 de abril de 2018


Cadernos de atividades para subsidiar a ação docente.

Bom trabalho!


http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/01_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/01_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/12_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/04_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/02_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/02_cd_pr.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/04_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/04_cd_pr.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/03_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/03_cd_pr.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/05_cd_al.pdf
http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/05_cd_pr.pdf
                                                Formação  dia 07 de abril de 2018

Com o objetivo de subsidiar a prática docente, a Coordenadora  Rita Sandra iniciou  o Encontro  com a temática Tempos Normativos na EJA
As contribuções foram pertinentes, pois organizaram  de forma  dinâmica o Planejamento das Ações da EJA.
Os exemplos explorados e a participação dos professores enriqueceram a proposta didática. 







sábado, 24 de março de 2018


                                                    Bem-vindos ao ano 2018!


A Educação de Jovens e Adultos  iniciou no dia 23/03/2018  a  Formação Pedagógica com a participação ilustre de Alex  Andrade Costa, Doutor em História pela Universidade Federal da Bahia-UFBA. É Mestre em História pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB, com especialização em História Regional pela mesma universidade. Pós-graduado em Gestão Escolar pela Faculdade Pitágoras-MG. É professor da área de ensino de História na Universidade Federal da Bahia. É membro da Linha de Pesquisa Escravidão e Invenção da Liberdade/UFBA. Foi professor efetivo da UFOB (universidade Federal do Oeste da Bahia) e professor substituto da UNEB (Universidade do Estado da Bahia). Tem experiência na área de História atuando principalmente nos seguintes temas: escravidão, século XIX, populações negras e ensino de História. Na área de Educação tem interesse em discussões sobre gestão escolar, currículo, avaliação e metodologias, que ministrou a Palestra ititulada: "Cidadania e Educação no Brasil"

No evento tivemos a presença da vice Prefeita Dalva Mercês,  da Diretora de Ordenamento   Escolar Noélice ,  Diretores, Coordenadores e Professores.























A Escola para Educação de Jovens e Adultos deve ser um espaço educativo volvido para processo de escolarização e compromisso com os saberes, hábitos, atitudes, conhecimentos, culturas, ideologias e valores socialmente referenciados em processo de construção permanente de reflexão e transformação social para inclusão e melhoria da convivência humana.
A instituição escolar se constitui, portanto em um espaço de ampliação do conhecimento por estar centrada nas interações entre educador e educando. Incumbindo à escola de garantir a aprendizagem de certas habilidades e conteúdos que são necessários para a vida em sociedade.
Ter clareza da função social e do homem que se quer formar é fundamental para realizar uma prática pedagógica competente e socialmente comprometida, particularmente num meio de contraste, onde convivem grandes desigualdades econômicas, sociais e culturais.
O Currículo Escolar configura-se como o conjunto de valores e práticas que proporcionam a produção, a socialização de significados no espaço social e contribui intensamente para a construção de identidades socioculturais dos educandos. Inclui não só os componentes curriculares centrais obrigatórios previstos na legislação e nas normas educacionais, mas outros também, de modo flexível e variável, conforme cada projeto pedagógico escolar.

No dia 24/03/2018, a coordenadora Rita Sandra dialogou sobre a Temática: “Um líder em mim”. Essa temática é mundialmente reconhecida, com resultados comprovados,  trabalha sobre paradigmas mentais e com a vivência dos 7 hábitos. A mudança comportamental do programa envolve todo o ambiente escolar: equipe, professores e estudantes para que desenvolvam as competências socioemocionais necessárias aos desafios deste século e tornem-se protagonistas de suas próprias vidas e da transformação da sociedade.


 






terça-feira, 30 de janeiro de 2018





                                                    Encerramento:
Celebrando as conquistas do ano letivo 2017
Mais um ciclo se encerra, mais uma confraternização de final de ano chega! Com o fim do ano letivo, as confraternizações  passam a ser o assunto da vez. Afinal, após um ano inteiro de estudos, crescimento e aprendizado, o que os professores mais desejam é ter um momento de celebração com seus colegas.

 As dinâmicas de final de ano, geralmente feitas no final de dezembro, são atividades nas quais os professores podem fazer uma reflexão sobre as lições aprendidas e objetivos conquistados. Dada a importância desses rituais e o senso de renovação que celebram, além de coletivismo e amizade, nada melhor que algumas dicas simples e divertidas para fechar as atividades anuais com chave de ouro.
 No dia 21 de dezembro A EJA- Eduação de Jovens e Adultos  encerra  sua ações do ano letivo com uma Festa de celebração das conquistas no ano de 2017. O evento teve com temática DESEJOS.
Participaram do evento o Prefeito Rogério Andrade , a Secretária de Educação Cintha Souza , a Diretora de Ensino Michele Pinheiro,  Gerente de Processos Pedagógicos Maria das Graças Neiva, Coordenadora Técnica da Educação Jovens e Adultos Rita Sandra, Coordenadoras Pedagógicas Nair Rodrigues e Maeve Veiga, articuladores e professores.